O FASCÍNIO DE LISBOA

| Por:Raquel Crusoé Loures de Macedo Meira

Por muito tempo, não sei porque, sonhava sempre com Londres, Paris, Roma . Amsterdan…Enquanto isto, Lisboa, cheia de encantos e belezas, cantada em versos e em prosa, sempre ficava para a próxima viagem.Ah que tempo perdido …Mas quando a conhecí, foi amor à primeira vista, valeu a espera !De repente, nesta última viagem, deixei–me envolver por esta cidade maravilhosa, com os seus mais de 800 anos de cultura e, o caminhar por esta história que é também nossa, despertou em mim, sentimentos e emoções tal e qual quando se chega à casa dos pais, depois de anos e anos de ausência.Impossível descrever, a emoção me conduziu a senti-la e a descobri-la. A hospitalidade, o carinho, a boa vontade, a gentileza do lisboeta (ou alfacinha ) se faz presente já no aeroporto. Estava em casa e aquela forma de se falar o português, tão encantadora, parecia música aos meus ouvidos.Sim, realmente música da mais alta qualidade… um poema em forma de canção …foi esta a sensação que senti em todo o período que pude desfrutar desta terra, talvez misteriosa para outros estrangeiros, porém afável e aberta para esta brasileirinha que sentia necessidade de se beliscar a cada momento para ter a certeza de que tudo não passava de um sonho.Ressurgida das cinzas do terremoto de 1755, tal e qual Fênix, reergueu-se renascida dos escombros e, esta mescla, novo – antigo, clássica – moderna , fascina a cada escultura em pedra com motivos marítimos.O estilo manoelino , tendo como substrato o gótico é realmente encantador nos seus inúmeros monumentos.Sim, agora entendo porque o Tejo,o lendário Rio Tagus foi celebrado por Luís de Camões nos Lusíadas, ao homenagear a mulher de Lisboa e, me perdoem as lisboetas… me senti também homenageada, tal a intensidade das emoções sentidas nesta terra além – mar, neste verdadeiro “ jardim da Europa à beira-mar plantado.”

Anúncios

Sobre raquelcrusoe

Natural de Montes Claros-Minas Gerais - Brasil - Mestre em Ciências da Educação em Música (Havana - Cuba)- Pós-Graduação em Educação Artística (São Paulo) - Licenciatura em Artes - Bacharelado em Música – Piano( Rio de Janeiro)- Vice Diretora e Coordenadora Cultural do Conservatório Estadual de Música Lorenzo Fernandez - Diretora do Projeto Acêrvo Cultural de Montes Claros - Professora de Piano,Regência, Percepção Musical,História da Música e Folclore do Conservatório Estadual de Música Lorenzo Fernandez - Professora Titular da UNIMONTES - Fundadora do Curso de Educação Artística/FUNM - Vice – Diretora do Curso de Educação Artística/FUNM - Diretora em Exercício da Faculdade de Educação Artística/FUNM - Membro do Conselho Diretor da FUNM - Fundadora e Primeira Coordenadora de Cultura da UNIMONTES - Coordenadora de Cursos de Pós – Graduação em Arte – Educação/UNIMONTES - Diretora do Projeto MUSICAMPUS - UNIMONTES - Membro do Conselho Universitário da UNIMONTES – CONSU - Chefe do Departamento de Artes - UNIMONTES
Esse post foi publicado em Crônicas e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s